PortoGraal
nation2.com

A Vida Secreta de Jesus

A vida Secreta de Jesus 

A cena é conhecida: a criança nasce na família e no local profetizados séculos antes e

uma estrela (?) se desloca para indicar em que parte do mundo uma virgem deu á luz o

 Filho de Deus, o Messias (Mashiah). Aos doze anos, o menino Jesus discute a Lei de seu

povo - os judeus - com os sábios do Templo.-

 

Corte brusco.-

 

O personagem reaparece com trinta anos de idade, sendo batizado e iniciando a fase de

 pregação. Seus ensinamentos reafirmam a doutrina mosaica, mas incluem preceitos

revolucionários, como o perdão aos inimigos. E faz milagres: transforma água em vinho,

multiplica alimentos, levita, transfigura-se, conversa com espíritos, cura doentes. Afinal,

 ressuscita a si próprio, antes de ascender ao céu.-

 

Entre uma imagem e outra, o que aconteceu no tempo que passou? Os quatro narradores

"oficiais" dessa historia (Matheus, Marcos, Lucas e João) se contradizem, talvez por a Bíblia

ter sido escrita muito depois dos eventos, com base em textos antigos e na tradição oral.-

 

Em cima das contradições e omissões, formularam-se hipóteses a respeito da vida secreta

de Jesus. Algumas delas foram, em parte, confirmadas por outras fontes, como o manuscrito

 do Mar Morto, descobertos em 1947.-

 

Pode-se então especular sobre o aprendizado de Jesus (que na certa nao se deu na casa do

 carpinteiro José e da jovem Maria), sua vida dos treze aos trinta anos, o caráter parapsicológico

dos milagres, a morte na cruz, a sobrevivência ao martírio e até suas ligações conjugais.-

 

 Essênios, fariseus e saduceus constituíam as seitas em que se dividia o judaísmo na época de

 Jesus. Os primeiros distinguiam-se dos demais por conservarem as tradições e o sistema de

 vida dos profetas. Tinham dois núcleos principais: um no Egito, á margem do lago Maoris,

e outro na Palestina, em Engaddi, ao lado do Mar Morto. Sua missão era curar doenças do

corpo e da alma - o nome "Essênio" provem do termo sírio asaya, que significa terapeuta.-

 

Conforme espiritualistas de diversas correntes, Jesus, se nao foi essênio, pelo menos manteve contato com eles. O teósofo francês Édouard Schuré (1841-1929) afirma

 que Maria, mãe de Jesus, era essênia e destinara seu filho, antes do nascimento, a uma missão

 profética. Seria por isso chamado nazareno ou nazarita, como os outros

meninos consagrados a Deus.-

 

Harvey Spencer Lewis, dirigente máximo da Ordem Rosa-cruz das Américas do Norte,

 Central e do Sul, nas primeiras décadas do século XX, também afirma a origem essênia

de Jesus. Segundo ele, Maria e José eram gentios (habitantes da Galiléia considerados "estrangeiros" pelos palestinos e, portanto, "não-judeus"), pertencentes á Fraternidade Essênia, embora formalmente ligados á fé mosaica,

de acordo com as leis locais.-

 

A descoberta, em 1947, de antigos manuscritos em grutas próximas ao

Mar Morto - os "rolos do Mar Morto" - reforçou essas hipóteses, mostrando com

 mais clareza o enraizamento da Igreja Cristã primitiva na Fraternidade Essênia.-

 

No inicio dos anos 50, o arqueólogo inglês G. Lankester Harding, diretor do Departamento

 Jordaniano de Antiguidades, publicou um informe sobre o conteúdo dos seiscentos manuscritos

e milhares de fragmentos encontrados no Mar Morto. Diz ele que "a revelação mais espantosa

contida nos documentos essênios até agora publicados é que a seita possuía, anos antes de Cristo, terminologia e prática que sempre foram consideradas especificamente cristãs. Os essênios praticavam o baptismo e compartilhavam uma ceia litúrgica, de pão e

vinho, presidida por um sacerdote. Muitas frases, símbolos e preceitos semelhantes aos encontrados na literatura essênia estão no Novo Testamento, particularmente no Evangelho de

João e nas epístolas de Paulo. É significativo que o Novo Testamento nao mencione uma única vez os essênios, embora lance freqüentes ataques a outras seitas importantes, a dos saduceus e a dos fariseus".-

 

As evidencias não param aí. E, em função delas, muitos estudiosos concluíram que a Igreja prefere

 não as considerar, porque as doutrinas que desenvolveu nao coadunam com o

esoterismo dos essênios e, sobretudo, com suas crenças na reencarnação.-

 

 

A ligação de Jesus com os essênios constitui a chave para a compreensão do mistério que

 envolve sua vida dos treze aos trinta anos.-

 

Segundo ensinamentos esotéricos, nesse período o jovem essênio foi preparado para se tornar

 o habitáculo humano do Cristo, do Mashiah esperado não só pelos iniciados do mundo inteiro,

mas por todos os israelitas. Inconformados com a vassalagem á Roma, os eleitos de Deus

confiavam na vinda do Salvador.-

 

A preparação de Jesus incluiu o estudo profundo das antigas religiões e das diversas seitas que

influenciaram o desenvolvimento da civilização. Sua primeira e distante escola teria

sido a Índia. Do monte Carmelo, na Palestina, onde se recolhera com os essênios, dirigiu-se

com dois magos até Jaganate - atual Puri -, localidade que por séculos fora centro do budismo.

 Ali permaneceu por um ano, entre os mais sábios instrutores da doutrina do Buda.-

 

Ao deixar Jaganate, Jesus visitou o vale do Ganges, parando por vários meses em Benares,

onde começou a se interessar pelos métodos terapêuticos hindus. Recebeu orientação

de Udraka, considerado o maior de todos os curadores. Em seguida, percorreu diversas regiões

indianas, tomando contato com a arte, as leis e a cultura de seus povos. Retornou a Jaganate

 para uma permanência de mais dois anos. Seu progresso foi tão notável que recebeu a

 incumbência de instruir, por meio de parábolas, os habitantes da pequena cidade de Katak.-

 

Ao completar seus estudos na Índia, Jesus viajou para Lhasa, no Tibet, entrando

em contato com Meng-Tsé, reputado com o maior de todos os sábios budistas. Dirigiu-se em

seguida para Persépolis, na Pérsia (atual Irã), onde viviam os magos

mais eruditos do país - conhecidos como Hor, Lun e Mer. Um deles, já bem velho,

estivera na Judéia por ocasião do nascimento de Jesus, levando-lhe presentes do mosteiro persa.

 Sábios do país inteiro acorreram para trocar conhecimentos com o essênio. Foi nesse ponto

da viagem que os poderes terapêuticos de Jesus se manifestaram.-

 

Depois de um ano na Pérsia, ele e seus guias seguiram para a região do rio

Eufrates, onde confabularam com os maiores sábios da Assíria. Já então

 o jovem Jesus se revelara um intérprete privilegiado das Leis Espirituais. Com seus aperfeiçoados poderes e métodos de cura, atraiu multidões nas aldeias da Caldéia e das

regiões situadas entre os rios Tigre e Eufrates.-

 

Em direcção ao Ocidente, Jesus atravessou a Babilônia, tomando conhecimento das

 provações sofridas pelas antigas tribos de Israel, quando levadas para o cativeiro. Esteve alguns

meses na Grécia, sob o cuidado pessoal de Apolônio de Tyana, filósofo influenciado pela

 religião egípcia que o colocou em contato com pensadores atenienses e escritos antigos da

cultura grega. Depois o nazarita cruzou o Mediterrâneo e, chegou a Alexandria para

uma curta permanência. Visitou antigos santuários e conversou com mensageiros especiais que o aguardavam.-

 

Agora Jesus se iniciara nos mistérios da Grande Fraternidade Branca, em Heliópolis.

 Essa organização, fundada por ancestrais de Amenóphis IV, faraó do

Egito, tivera desde sua origem a missão de congregar as pessoas mais sábias do país para discutir,

 analisar e preservar o Grande Conhecimento. Nos dez séculos anteriores ao Cristo, ramos da Grande Fraternidade Branca estabeleceram-se com denominações diversas em várias partes do mundo -

e um deles eram os essênios.-

 

Na etapa propriamente iniciática de sua preparação, Jesus passou por todas as provas que lhe

conferiam o título de Mestre. Os últimos estágios transcorreram nas câmaras

 secretas da Grande Pirâmide, hoje conhecida como pirâmide de Quéops.

 Ali se realizou a primeira das ceias do Senhor. Após essa festa simbólica, de todos os pontos do

 Egito partiram mensageiros para proclamar a vinda do Salvador e anunciar o inicio da sua missão.-

 

De volta á Palestina, Jesus foi baptizado por João. Nesse momento, o Espírito Santo desceu

sobre ele, criando um novo ser, o Cristo.-

 

 

 

 

http://www.angelfire.com/scifi/vitrinescifi/jesus.htm.

 

«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

 

Métodos Secretos de Jesus para se aproximar do Cristo


Métodos Secretos de Jesus para se aproximar do Cristo

Durante o tempo em que Jesus esteve retirado os 40 dias na gruta na montanha desértica perto
 do Jericó.

A descrição que foi feita na abordagem atrás, descreve partes conhecidas mais ou menos dos
Evangelhos, em que se narram as tentações de Satanás, mas estas tentações são o culminar de
processos iniciáticos que foram passados pelo candidato.
Jesus esteve praticando a Meditação para se conectar com o Seu Princípio Divino.
Jesus foi beneficiar-se dos ensinamentos que trouxe do Oriente. Ele praticava vários tipos de
 yoga, desde o yoga egípcio aos yogas hindu-tibetano.

Ele tanto usou o Raja-Yoga, o Bakti-Yoga (devocional), o Laia-Yoga e o Kundalini-Yoga.
Puxava as suas energias desde o chakra base aos outros centros. Deteve-se a trabalhar os
chakras cardíaco e frontal, desenvolvendo o Seu coronário. Todo Ele se transformou numa
Estrela de Luz pelo activar dos chakras.

Contactou o Seu Ser Superior, o EU SOU O QUE EU SOU, a Divina Presença e atraiu átomos
 de Luz dessa esfera que incorporou a todos os Seus corpos. Potenciou toda essa prática com
o jejum prolongado durante todo esse tempo de retiro.

O Mestre ficou 72 horas consecutivas a meditar sobre o EU SOU, de tal modo que se tornou
luminoso, resplandecente, externou no plano físico o EU SOU O QUE EU SOU. Assim,
Transconsciente de Deus, incorporou todos os Átomos de luz crística ao Planeta, desfazendo
os umbrais densos e projectando a Terra noutro nível dimensional superior, permitindo o Resgate
de todas as almas, numa nova Dispensação da Iniciação Cósmico-Solar.
ELE era o próprio METRATON, o Messias, o elo entre o humano e o Divino. Externava a libertação,
a redenção do homem do pecado, do erro, da doença e da morte. Era a expressão da MÃE, pois
 era a própria SHEKINAH, o Amor-Sabedoria, embora o vaso fosse masculino, porém Maria
tinha em Si parte dessa enorme energia CRÍSTICA.
O METRATON foi associado com o sofrimento do servo Isaías, o qual se tornaria mais tarde no
CRISTO, o Messias. Ele era a ‘encarnação’ de ISAÍAS, o Novo Adão. O METRATON era
conectado desde os tempos do Antigo Testamento com o Messias. Os termos ‘Filho de Deus’
e ‘Filho do Homem’ têm a conotação Messiânica e referem-se ao METRATON que é MIKAEL
 ou ‘ADON-HANAY MALEACH HA ELOHIM’, Miguel e ADONAY. São princípios cósmicos interligados na Grande Hierarquia Cósmico-Solar, não se trata de ‘seres’ ou pessoas como
 erradamente sois levados a pensar. O princípio Divino é múltiplo-no-uno.
Jesus era o METRATON, Miguel, ADONAY, ADAM, Ele próprio o testifica quando mais tarde
 diz de Si mesmo ‘Eu e o PAI somo Um’ e ‘Antes de ABRAHAM, EU SOU’.
Jesus era um Ser Cósmico, vindo de outra ronda Planetária além da Terra, embora em alguns
momentos no passado Ele tenha estado na Terra.

A HIERARQUIA CÓSMICA preparou Jesus e fez-Lhe alguns implantes para facilitar a Sua Missão,
 como a adaptação dos capacitadores mentais acoplados ao seu cérebro físico através da cirurgia astral.

Ao adquirir a Consciência de CRISTO, o SOL vem morar n’Ele. Ele é o Educador e Supervisor deste Sistema Solar e de toda a Vida que ele contêm. A partir de aqui, o Cálice Vivo da Energia Crística,
 o SOL de Deus estava na Terra e a Terra passa, de uma forma mais activa e efectiva, a estimular a humanidade o aprendizado do desenvolvimento e a melhor expressão das qualidades do Amor-
Sabedoria. O aprender a lidar com a energia densa – as possibilidades criativas da limitação e, simultaneamente, o aprender a transcender as limitações por meio da expressão adequada do amor
e da sabedoria.

Antes de CRISTO a humanidade nunca esteve antes em condições de receber as doutrinas da
sabedoria antiga no grau em que elas se disponibilizarão desde este momento para a frente. Este
 trabalho foi iniciado pelo próprio METRATON num período final da Atlântida.
Ele foi preparado para todas as coisas e tudo Lhe foi mostrado. Ele viu a crucificação de CRISTO
 em Tiago, mas vaso da mesma energia, tal como Maria o era também. Ele sabia que na hora da
Crucificação e da morte, a essência do CRISTO, a SEMENTE SOLAR, seria colocada na cruz
da matéria, tocando o próprio Coração do Planeta.
No Baptismo, o processo anterior, a Consciência deixou o corpo físico, permitindo que as energias de CRISTO tomassem posse e trabalhassem directamente sobre a Terra
Quando Tiago fosse crucificado como Jesus, ele era o portador do CRISTO, e depois da Sua morte as energias CRÍSTICAS tornar-se-iam parte integrante da formação etérica de toda a Vida daí em
diante, sobre toda a estrutura deste planeta. A cada encarnação, essas energias crísticas que até
 então não estavam acopladas ao interior do Homem, elas passariam a ser adaptadas ao átomo
semente constitutivo da Humanidade, passando a estimular a centelha Divina no Coração de todos
 os Seres Humanos num grau ainda superior.

Foi isto que Jesus esteve a tratar nos seus 40 dias de retiro. O CRISTO entrou na corrente vital
evolucionária da Humanidade e agora, desse momento para a frente, seria capaz de influenciá-la mais directamente.
A essência Arcangélica de CRISTO torna-se parte integrante de cada ser vivente no planeta.
O novo padrão etérico de energia desenvolvido por Jesus, o Cristo, unido ao CRISTO CÓSMICO (KRISTOTRON) anulará todas as influências negativas e permitirá uma comunhão totalmente
 consciente com os reinos espiritualmente Divinos da Vida. A Humanidade, com CRISTO, ficou
 apta para participar, integrar, incorporar em si, um ressurgimento e uma nova expressão dos Antigos Ensinamentos dos Mistérios.
Entre outras coisas Ele integrou e modificou as Leis Cósmicas, integrando KA-DESH (a mistura
de tempo-espaço), desarticulando a ‘união aparente’ entre estes.

No Seu eremitério Ele contactou com seres cósmicos oriundos do Espaço, os enviados do
Império da Luz que o saudaram como MICHEL e MANU-EL de NEBADON.
Chegou a ser levado nas naves e a ser instruído noutros espaços e noutros mundos, para a
Sua Grande Missão. Foi, exactamente por isso que Ele não quis que os seus Discípulos recentes
 O seguissem durante o Seu isolamento.
Os combates espirituais com Satanás eram o vencer da sua natureza inferior num corpo de
semideus, com parte genética degradada da humanidade Terrestre, onde a Sua genética estelar venceu.
É claro que não podemos fazer a divulgação das técnicas e métodos secretos usados por Jesus,
 mas todos os praticantes do Alto-Yoga Iniciático sabem bem do que estamos falando.

Jesus, realmente, é o Modelo Cósmico da Luz para toda a Humanidade, o aperfeiçoamento da
Compaixão de Buda, na nova oportunidade do perdão e Amor Supremo.
No seu retiro, Jesus, pela aplicação da Sua Vontade, como Mestre da Transmutação Alquímica,
 fez os átomos de luz que compõem o corpo do Cristo absorverem raios cósmicos e substância
espiritual.

comunidades.net

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.8/5 (977 votos)




ONLINE
2





 Falando com Nossa Mãe Maria

 INFORMAÇÂO È LUZ

 

 
 

 

 

«««««««««««««

 

Arvore da Vida

 

LIMPEZA DE 21 DIAS DO

 ARCANJO MIGUEL

(Retirada de Implantes)

Mandalas em Movimento

http://www.light-weaver.com/slide2/a.html 

Om Mani Peme Hum
Meditação e Projecçao Astral
em 6 Partes
 
 
Filme o Segredo em 11 Partes
 
Invocação á LUZ


Ó! Deus Todo-Poderoso,
presente em meu coração
e Todo-Poderoso Elohim da Paz!

Eu peço que cada vez mais
Chama Violeta Consumidora
 seja derramada sobre mim e
sobre todos aqueles que
estão sob esta radiação,
 para nos proteger contra
a ação
desastrosa das criações
humanas destrutivas, para
 controlar os poderes da
natureza e as forças dos
elementos, neste instante
 mesmo e por toda a
eternidade.

EU SOU EU SOU EU SOU




INVOCAMOS AS ENERGIAS
DO GRANDE SOL CENTRAL
A GRANDE FONTE
 ILUMINADORA DO AMOR

INVOCAMOS AOS ELOHINS…
OS ANJOS QUE NOS
ILUMINAM… E AOS
QUATRO PILARES
 DOS FILHOS DA LUZ …
SANAT KUMARA,
 METATRON, MIGUEL
E MELCHIZEDEK

INVOCAMOS AOS SERES
 DAS ESTRELAS QUE
COM ASHTAR,
ELEVAM E APOIAM
NOSSOS ESFORÇOS

INVOCAMOS A SHAMBALLA
E AOS MESTRES
ASCENSIONADOS
QUE GUIAM E NUTREM
ESTE ENCONTRO DE ALMAS,
SERES DAS ESTRELAS
E MESTRES ENCARNADOS
A DEDICAR SUA INTENÇÃO
 PARA ELEVAR A TODA
VIDA PELO AMOR

INVOCAMOS A MÃE MARIA,
 KUAN YIN E A MADALENA
PARA ENCHER NOSSOS
 CORAÇÕES COM HUMILDADE
E COMPAIXÃO

INVOCAMOS A NOSSA MAGNA
PRESENÇA EU SOU A TRAZER
NOSSOS DONS, VISÃO E
 OFERTAS EM UMA UNIDADE
DE PROPOSITO CENTRADA
 NO CORAÇÃO PARA CRIAR
 CLARIDADE ,DIREÇÃO DIVINA
E AMOR MANIFESTADO

EU SOU O QUE SOU
SER A LUZ E
MANTÊ-LA ACESA
 
 
 
 

 

 

Obrigada por
 
 sua Visita
 
comunidades.net
Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net